segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Solidariedade emocionante...

Hoje fui novamente ao parque do peão, fomos para levar os meus irmãos, não seria justo eles não irem néh?!(Desculpa esfarrapada, eu sei rsrs). Fomos para ver o rodeio, por que ontem fomos para ver o show mesmo, não deu para assisti o rodeio, minha mãezinha adora e eu também queria conhecer tão o famoso RODEIO, as famosas montarias... sem contar que eu adoro passear e não perco nenhuma oportunidade para poder sair e esparecer a minha cabeça e esquecer os meus problemas uma pouco, penso que isso faz bem, tomar um ar e ser feliz o máximo que eu puder, afinal a vida é muito curta para perder tempo com tristeza e solidão, sorrir faz tão bem! Passeamos bastante, até que a dificuldade que que eu achei que seriam maiores, acho que driblamos bem, aos poucos estamos aprendendo aos poucos, os meus irmãos brincaram bastante nos brinquedos, a minha irmãzinha estava na maior alegria, um sorrisão incrível, o meu irmão também, até eu fiquei morrendo de vontade andar em alguns brinquedos  também, afinal em outros tempos eu estaria lá, mas infelizmente, existem coisas que não dá pra fazer e é preciso entender e só de estar ali já estava sendo uma vitória para mim, sair de casa apesar das dificuldades(que esta parecendo cada dia maior), enfrentar uma realidade na qual eu nunca imaginei passar, esta sendo uma superação para mim a cada dia, o mundo de cadeirante não é nada fácil, mas com força de vontade não é impossível, principalmente quando temos a ajuda das pessoas que se importa com a gente, eu preciso dessa ajuda pois não consigo empurrar a cadeira sozinha, pois não tenho forças nas mãos, mas minha família não se importa em me ajudar.
Os olhares são inevitáveis, mas tive uma experiência incrível por parte de uma moça que s propôs em ajudar minha mãe quando ela foi me levar ao banheiro, pois ela viu que minha mãe estava com muita dificuldade muito grande para me levantar da pelo peso que eu me encontro (por conta do inchaço)e ela ajudou minha mãe, com uma simpatia contagiante para que eu não me sentisse envergonhada por ela estar me ajudando, eu admirei a atitude dela e gostei de saber que existem pessoas iluminadas, e não digo pela ajuda que ela me deu, mas pela força que ela me passou só com a forma dela ter falado comigo,e eu tenho certeza que ela nem imagina o quanto a atitude dela me fez pensar em coisas interessantes e que uma atitude que pode parecer tão pequenininha ( só parece, pois nao é) faz muita diferença.Existem pessoas assim que são iluminadas e fazem a diferença pra gente com apenas uma palavra, um gesto, sem nem ao menos saber pelo que estamos passando! ADOREI O PASSEIO!!! Enfim vou ficando por aqui... e até o próximo post.

Um comentário:

  1. Jéeh, minha linda, você é iluminada, por isso atrai pessoas e gestos iluminados é querida pela família. Força querida! Estou na torcida e rezando por você. Tem um selinho para você lá no meu blog: "Amigas Virtuais" é só copiar.
    Beijos da Sol

    ResponderExcluir